Forte mesmo é quem sabe amar

Com toda certeza vocês já perceberam que na nossa sociedade são muito mais valorizadas, admiradas e invejadas as pessoas capazes de despertar a paixão nos outros. Aquele tipo de pessoa que “quebra corações” por onde quer que passe por ser instigante e desprendida. Hoje o jargão é “não se apega não” e eu me pergunto onde é que está o valor nisso tudo? Onde que está o valor em ser imparcial ou frio com os sentimentos de alguém? Por que é admirável usar e descartar pessoas? A resposta é: porque é fácil. É fácil ir embora. A facilidade de largar alguém pra encontrar outro alguém “melhor” é infinita.

Aprendi com a vida que é verdadeiramente admirável aquele que ama. Aquele que não desiste e nem vai embora na primeira dificuldade. Que luta pelo amor porque sabe que é isso que vale mesmo a pena na vida. Amar muitas vezes é deixar o orgulho e o medo da rejeição de lado, é abrir o coração com a possibilidade de dar tudo errado. É preciso ter uma firmeza de caráter para encontrar o amor e ainda mais para permanecer com ele. Amar é ser corajoso.

Para começar, quem ama, precisa ter a capacidade de deslumbramento para encantar-se com as particularidades de outro alguém. É preciso, também, aceitar as diversidades como elas vierem e ter jogo de cintura. Amar é saber dançar com a vida. Alguém que ama verdadeiramente precisa de desprendimento, de saber refazer os planos e também de saber que o amor é total e completamente livre pra ir e ficar. Amar, às vezes, é deixar ir.

Amar significa que será preciso enfrentar dificuldades, ultrapassar barreiras, quebrar paradigmas. O amor necessita de destemor e capacidade de luta admiráveis. Não para lutar por pessoas desinteressadas, não entendam isso mal. Mas para lutar, ás vezes, contra si mesmo por não saber como ser amado ou amar direito porque a vida foi cruel e você construiu muros ao seu redor. A luta do amor é muitas vezes interna e transformadora. Amar é baixar a guarda, derrubar os muros. É preciso lutar contra todas as outras experiências fracassadas do passado e deixar o amor entrar outra vez. O amor é resiliente, não só nesse aspecto mas também para  enfrentar a rotina e o cotidiano que são esmagadores. Lutar para compreender e ter empatia com outra pessoa em um mundo cada dia mais cruel. Lutar, às vezes, para mostrar para o mundo que o seu amor é válido.

No amor é preciso ter perseverança. É ultrapassar a fase da conquista e continuar mesmo quando aparentemente o jogo já está ganho. Com o tempo você aprende que isso não existe no amor. O amor necessita de atenção diária exatamente como uma planta que necessita ser regada todos os dias para florescer. É necessário construir a convivência com delicadeza e isso é extramente particular a cada um. É entender onde dói no outro, é saber perdoar, é ouvir as histórias com o mesmo apego que tem pelas suas, é ter empatia. É saber dar carinho, abraço, beijo. É se doar diariamente a outra pessoa por escolha. O amor é uma escolha diária.

Mas isso pega mal hoje em dia. Admitir que tem um coração pega mal. Tentar entender porque uma pessoa foi embora sem mais nem menos, admitir que sente saudades. Tentar salvar uma relação, reconstituir o que sobrou do amor, pega mal. Fica feio dizer em alto e bom som “eu te amo” e mostrar que tem fraquezas. Ganha mais like textão sobre desapego. Já ouvi até que é imaturidade mergulhar em uma emoção assim. Maturidade mesmo é escolher apenas pessoas que querem curtir o momento né?

Sinto tanto pesar por essas pessoas que não consigo expressar em palavras. Sinto tanta pena de uma geração que não conhece o amor de verdade, o amor que cura, o amor que te torna mais forte e mais sábio. O amor que te leva além.

Sim, forte é quem ama. Forte é aquele que rema contra a maré, caminha contra fluxo, ignora as precárias probabilidades, as más cartas. Que se mantém perseverante e amoroso num mundo de pseudo afetos, de likes, de fogos de palha e de amores inventados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s